Sobre recompensas extrínsecas

*adaptado do livro “Os ciclos de vida das organizações” (Ichak Adizes)

Basicamente existem dois tipos de recompensas: extrínsecas e intrínsecas.

As recompensas extrínsecas só são percebidas como recompensas se forem cada vez maiores. Mantidas constantes, o seu impacto motivacional é bastante limitado. Assim, um aumento de salário é ótimo por duas semanas; mas então o empregado quer mais. O mesmo acontece com títulos e outros sinais não-pecuniários de reconhecimento. Sua vida útil é curta. Para manter alguém motivado, é preciso conceder-lhe sempre mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s