A ação caótica é preferível à inação ordenada

*trecho extraído e adaptado do livro “A psicologial social da organização” (Karl Weick)

Uma organização deve estar em melhor condição para aumentar sua eficiência se a experiência passada for preenchida com ação do que se o for com inação. A ação, quando vista retrospectivamente, esclarece o que a organização está fazendo e o que pretende fazer. A inação, vista retrospectivamente, mais dificilmente se torna significativa: existe maior probabilidade de significações erradas e de um estado de pensamento autístico.

As ações, em outras palavras, dão itens tangíveis que podem ser verificados. Na ausência de ação, o olhar reflexivo se dirige para períodos relativamente vazios de experiência vivida; a fim de encontrar algum sentido, provavelmente irá para o período ainda mais distante e procurará experiência passada que tenha ocorrido há mais tempo. A reflexão não é muito sensível a graus de distância do passado; o passado é passado. É difícil distinguir o passado imediato do passado remoto. Se isso é verdade, se o passado imediato não estiver preenchido com ação que provoque o olhar reflexivo, o passado distante pode ser aceito, erradamente, como passado recente. E se as experiências longínquas são revividas, recriadas e consideradas significativas, o sentido de qualquer circunstância presente é na realidade um sentido antigo. Isso poderia reduzir a probabilidade de que o sistema se adaptasse às circunstâncias presentes.

Quando um grupo não tem projeto e está confuso, a apresentação de ações que podem ser consideradas pela reflexão aumenta as probabilidades que o grupo possa descobrir o que é que está fazendo. No entanto, na ausência de ação, existe pouca possibilidade de esclarecer a confusão. Assim, quando existe confusão num grupo e um participante pergunta: “O que é que devo fazer?” e outro participante responde “Não sei, faça qualquer coisa”, essa recomendação é provavelmente melhor do que se poderia pensar. É melhor pela simples razão de que aumenta a probabilidade de que seja criada alguma coisa que depois pode adquirir sentido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s