Liderando valores e crenças

*o trecho abaixo foi retirado da matéria “Cultura organizacional: compreendendo vetores e seu impacto na liderança corporativa” da revista ESPM de março/abril 2010

Voltando às organizações, uma questão que se apresenta, então, é a de: até que ponto os líderes são capazes de transformar as organizações [brasileiras], considerando que elas têm uma cultura própria e são influenciadas pela cultura brasileira, já que a participação de um indivíduo em sua cultura é limitada?

Primeiro, considerando-se as características da cultura brasileira, poderíamos dizer que a distância do poder envolve o fato de que as pessoas esperam que os líderes, acima delas, assumam a responsabilidade e resolvam questões que elas mesmas poderiam resolver. O “superior” é imbuído de um poder que o coloca em posição de desigualdade em relaçã aos seus subordinados.

A isso somamos o fato de que a cultura brasileira promove a resistência às incertezas e às mudanças. Vemos cada vez mais a tendência ao controle e a uma burocratização, favorecendo um ambiente de pouca autonomia que, associado à distância do poder, deflagra o “comodismo”, que encontramos na cultura de muitas organizações, causas de incessante busca por “heróis”, ou alguém que resolva o problema.

E como compreender o papel da liderança nesse caldeirão de crenças e valores construídos durante anos e fixados pelos hábitos?

A questão merece ser respondida sob várias perspectivas. Mas antes há de se considerar a citação de Roque Laraia: “A natureza do homem é a mesma, são os seus hábitos que os mantêm separados”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s