Essa empresa não seria nada sem mim

*trecho extraído de “Mindset: the new psychology of success” de Carol Dweck

Líderes com mentalidade fixa (aqueles que acreditam que o desempenho das pessoas é fixo/imutável), vivem em um mundo onde algumas pessoas são superiores e outras inferiores. Eles precisam afirmar repetidamente a sua superioridade, e a empresa nada mais é que um palco para isso.

Esse tipo de líder está tipicamente preocupado com sua reputação de grandeza de tal forma que inconscientemente prepara a empresa para não funcionar em sua ausência, afinal, não existe maneira melhor de atestar sua a importância se tudo cai por terra em sua ausência.

Em mais de 60% dos casos os pesquisadores encontraram nesses líderes um ego desmedido, que ao final acabava por exterminar a empresa, ou impedir que ela avançasse. Um exemplo disso foi Lee Iacocca, diretor da Chrysler, que conseguiu fazer uma virada miraculosa na empresa e depois passou tanto tempo preocupando-se com sua reputação que a empresa acabou voltando à mediocridade.

Esses líderes acabam criando uma situação onde se vêem como um “gênio com milhares de ajudantes”. Ao invés de criar uma equipe excelente de gestão eles operam sob a premissa de que “gênios” não precisam de equipes, eles precisam apenas de ajudantes para executar suas idéias brilhantes.

É importante lembrar que esses “gênios” não querem que suas equipes de desenvolvam. Eles querem ser o único “peixe grande” de forma que, quando se comparam com os outros de sua equipe, acabam sempre ficando acima deles.

Por curiosidade, nenhuma biografia dos CEOs com mentalidade fixa menciona coisas como treinamento e desenvolvimento de funcionários, mas toda biografia de líderes com mentalidade de desenvolvimento menciona sua extrema preocupação em desenvolver seu pessoal.

*trecho extraído de “Mindset: the new psychology of success” de Carol Dweck

Anúncios

3 comentários sobre “Essa empresa não seria nada sem mim

  1. Pingback: O gênio e seus mil ajudantes | Luigui Moterani : repensando o fantástico mundo dos negócios

  2. Pingback: O gerente gênio e seus mil ajudantes « TELOS CONSULTORIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s